Café - Informativo Coffee Break

Coffeebreak - O portal de notícias do café

07/07/1999

 

Nova Iorque despenca: setembro chega a 92 centavos

 

 

O frio no Brasil não chegou e sem notícias que provoquem qualquer movimentação, o mercado apresentou um dia de baixas significativas, fazendo com que o preço do café ficasse próximo de 90 centavos a libra peso. Em duas semanas, setembro caiu 17,06% em Nova Iorque e 9,17% em Londres, enquanto que dezembro teve recuo de 16,135% em Nova Iorque, já novembro caiu 9,41% na bolsa londrina.

Nova Iorque fechou a terça-feira com setembro registrando 92 centavos por libra peso, com queda de 600 pontos; dezembro caiu 580 pontos, com 94,20 centavos por libra peso, enquanto que março foi negociado a 96 centavos por libra peso, registrando queda de 550 pontos. No índice Liffe de Londres, setembro recuou 16 dólares, chegando a 1286 dólares a tonelada; novembro teve recuo de 15 dólares alcançando 1285 dólares a tonelada; janeiro teve a tonelada negociada a 1290 dólares, com uma queda de 10 dólares.

Na maioria das regiões produtoras brasileiras o reflexo do dia de baixa foi intenso, ficando o mercado físico apenas no nominal, ou seja, sem negócios concretos sendo realizados. Segundo um corretor ouvido pelo Coffee Break o dia foi de liquidação de posições devido principalmente ao frio que não chegou às regiões produtoras brasileiras. "O mercado pegou um canal de baixa e assim ele vai perdendo força, refletindo, evidentemente, no mercado físico que fica parado". Para o corretor, somente uma notícia de impacto, como uma frente fria ou uma notícia importante por parte do governo poderá mudar a situação. "O mercado continua na espera, mas também é importante notar que os preços estão alcançando um patamar que talvez seja o mais baixo possível: 90 centavos deve ser um limite", considerou.

 

 

 









 

PUBLICIDADE

 

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

Sabor Café

 

Receitas

colunas

 

Retrospectva

© 2010 Coffee Break. Todos os direitos reservados.