Café - Informativo Coffee Break

Coffeebreak - O portal de notícias do café

31/10/2013 09:52:19

 

Pacto do Café cria site para adesão de produtores e lideranças

 

 

O Pacto do Café, movimento iniciado pelo setor produtor da cafeicultura brasileira, iniciou um abaixo assinado de produtores e lideranças em favor de uma política efetiva para o setor. A adesão ao movimento pode ser feita acessando o site www.pactodocafe.com.br, onde está disponibilizado a integra do documento com o conjunto de medidas de curto e médio prazos para o café, bem como os campos para o preenchimento do abaixo assinado, que endossa as medidas que foram apresentadas ao governo federal, por presidentes de cooperativas de café, em reunião com o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Gerardo Fontelles, no dia 23 de outubro.

Enfrentando a maior crise do café desde a quebra da bolsa de Nova Iorque, em 1929, os produtores vivem uma situação dramática. Além de um estoque de dívidas acumuladas em função de perdas com safras passadas, atualmente os cafeicultores estão ainda mais sacrificados pela ausência de uma política pública do governo federal que pudesse reverter os preços de venda da saca de café, que está sendo cotada em torno de R$ 260,00, enquanto o custo de produção médio está em torno de R$ 400,00.

Além da asfixia no campo, o baixo preço do café já está provocando prejuízos na economia de pelo menos 1.800 cidades no pais, cerca de 600 só em Minas Gerais, estado que responde pela metade da produção nacional de café. O governador mineiro Antonio Anastasia – que há alguns meses insistiu em uma melhoria do preço mínino do café - externou publicamente a preocupação com a situação dos produtores à presidente Dilma Rousseff, durante sua visita ao estado no dia 23 de outubro. Reforçando a posição de Minas, Anastasia encaminhou ao Palácio do Planalto ofício em que reforça a importância da atividade cafeeira em Minas e no Brasil, o gravidade da situação e pede medidas emergenciais, a saber: prazo de espera de 120 dias, pelos bancos oficiais, da cobrança das dívidas contraídas pelos produtores e suas cooperativas; e um novo Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor), para uma quantidade a ser negociada de 10 milhões de sacas.

Paulo H. Delfante

Coffee Break

 

 

 

 

 

 









 

PUBLICIDADE

 

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

 

Sabor Café

 

Receitas

colunas

 

Retrospectva

© 2010 Coffee Break. Todos os direitos reservados.